Resenha: A Cabana

Título: A Cabana
Autor: William P. Young
Sinopse:  
A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, 'A Cabana' invoca a pergunta: 'Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?' As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

Oi, gente! Demorou mas saiu, mais um livro ~quase~ concluído... Confiram! 

O livro conta a história de Mackenzie, um homem inteligente e bem sucedido que vive imerso em uma Grande Tristeza desde o sequestro e assassinato de sua filha mais nova, Missy, durante um acampamento.
Mack nunca fora muito religioso, e desde o ocorrido, seu relacionamento com Deus só fez decair. Passados alguns anos, ele recebe um bilhete suspeito, no qual o remetente o convida a retornar à cabana onde tudo aconteceu. 
"Se você odiar esta história, desculpe, ela não foi escrita para você."
Ouso dizer que esta história não foi escrita para mim, pois não possuo as mesmas crenças que o autor. Isto torna a leitura realmente difícil, apesar deste não ter sido meu principal problema.
A principal questão abordada no livro é aquela que todos já se fizeram em algum momento: "Se Deus é tão poderoso e amoroso, por quê não faz nada para amenizar o sofrimento das pessoas?" 
Teoricamente Mack, juntamente com o leitor, teria suas respostas ao longo do livro. Eu não tive, talvez porque não li até o final, talvez eu não tenha enxergado ou simplesmente porque esta história não é para mim.

A despeito da abordagem religiosa, a historia tem momentos bonitos, com diálogos e trechos que me fizeram parar a leitura para absorver e entender de verdade o quê foi lido, porém isto não foi suficiente para me fazer continuar a leitura, pois foram estes mesmos diálogos que tornaram a história repetitiva e cansativa.

Talvez em outro momento esta história possa vir a ser apreciada por mim, mas por ora, posso dizer que não desfrutei tanto quanto esperava desta história.
Para concluir, esta é, em minha opinião, uma história muito extensa, com diálogos maçantes, tornando a leitura cansativa e desgastante. 

Nota: 



É isso, então. Espero que gostem e não deixem de comentar. 
       
Beijos!

2 comentários:

  1. Oies... Parabéns pelo post! Te indiquei para uma tag: https://abookaholicgirl.wordpress.com/2017/02/15/tag-tag-das-10/

    Bjos

    ResponderExcluir