Resenha: Luz da manhã

Oi gente, tudo bem? Tudo bem também.
Sabe aquele romance que vai além da fofura? E que tem uma criança excepcional para completar a equação? Pois é.
😍


Título: Luz da manhã
Autora: Anne Marck
Sinopse:
Todos passam por um momento na vida em que algo acontece e as coisas simplesmente... mudam.
Para Gabrielle, o divisor de águas aconteceu quando uma menininha de cerca de um metro de altura invadiu seu apartamento, apresentando-se como Luz do Sol, e, com uma lábia cativante, levou embora suas melhores maquiagens sem que a mulher sequer se desse conta de como. O que Gabrielle não sabia era que, naquele instante, a espertinha levava mais do que isso: ela também apanhou um pedaço de seu coração de maneira irreversível.
Maximiliano, o pai da garotinha, está de mudança para o prédio. O novo vizinho de porta, um médico socorrista bonitão, estremecerá os alicerces da mulher que sempre foi muito segura com sua vida. A química entre eles é imediata, forte e impossível de ser evitada. E junto dela, vêm grandes decisões e responsabilidades.
Conheça a história de Gabrielle, Maximiliano e da pequena Matraquinha! Venha rir, se emocionar e se apaixonar por este triângulo. Descubra, com eles, uma nova forma de amor: puro, corajoso, protetor.



Só queria entender como uma autora que não me prendeu com a Trilogia Protetores, conseguiu minha atenção total à esse livro.
Na verdade, entendo sim. É só escrever um livro com uma criança, um cara lindo e solteiro e uma vizinha pra lá de interessante e amorosa.
Gabrielle e Max não se afeiçoaram assim que se conheceram, como costuma acontecer na maioria dos clichês. Mas Gabrielle se apaixonou pela Matraquinha logo de cara. Até eu me apaixonei!
Gabrielle é uma mulher linda, independente, decidida e de um coração enorme. É o tipo de mulher que deixa de fazer o que for para ajudar o próximo.
Max é lindo, dedicado à filha e batalhador, que já passou uns bocados na vida e mesmo assim não tem o que faça se separar da filha.
E Matraquinha, ah Matraquinha! É uma menina doce, mas muito ardilosa, que já apanhou muito na vida mesmo com pouca idade. Sabe como conquistar as pessoas ao redor com aquele charme de criança.
Luz da manhã é um romance para você se deliciar e pensar na vida. É uma escrita simples e direta, sem rodeios nem coisas irrelevantes. Conta a história de três pessoas que estavam destinadas a ser e todas as lutas que tiveram que enfrentar.
Tem drama, comédia, romance e muita cena hot. Você lê e não vê o tempo passar. E além de tudo isso tem muito amor, que é o que move Gabrielle e Max a fazerem o impossível pelo bem dos seus.
Ela é minha luz da manhã, o motivo dos dias serem mais claros, mais vivos.
Ele é a razão para minhas noites serem aquecidas, intensas.
Eu pertenço a eles, e eles a mim.
 Luz da manhã traz personagens que foram citados na Trilogia Protetores, mas pode ser lido independente da trilogia. Enquanto as capas da Trilogia são marcantes, a capa deste é mais modesta mas traz toda a leveza que um romance deve ter, pelo menos no final.

Beijo

Boa leitura!

Nota:

2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários

  1. Tipo eu sei que tem hot, mas tem muito hot?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Te sim, se não é um gênero que você curte, pode te incomodar um pouquinho. Mas como não é o foco do livro, acho que vale a pena se arriscar!
      Beijo e boa leitura!

      Excluir