Quatro por 4: Senhorita Aurora

Oi gente, tudo bem? Por aqui tudo bem também!
O projeto Quatro por 4 desse mês é tipo "vale a pena ver de novo" e reapresentamos uma leitura do projeto que foi lida em 2016, assim que o e-book foi lançado. E agora, com a edição física, nada mais justo que apreciar essa belezinha e resenhar novamente.
Ah! Tem gente nova na gang! Sejam bem-vindas!

Bora relembrar?

Título: Senhorita Aurora
Autora: Babi A. Sette
Sinopse:
Nicole é uma jovem bailarina e está prestes a realizar seu sonho: estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores, o temido Daniel Hunter, um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios. Quando uma tempestade de neve isola os dois em uma mansão centenária, Nicole e Daniel serão obrigados a encarar não apenas os segredos que atormentam o maestro, mas também uma paixão proibida — e avassaladora — que nasce entre eles. Entre a tão sonhada carreira na dança, um amor intenso como ela nunca sentiu e a própria segurança, Nicole se verá diante de escolhas que parecem impossíveis. E caberá a ela resgatar Daniel de seu próprio passado... Senhorita Aurora é um romance poderoso, tocante e perturbador, que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro.

Análise da Amanda, do blog Bookaholic $em Grana:
Senhorita Aurora foi um livro que me deixou em crise por não saber criar uma opinião sobre ele. Os protagonistas me fizeram detestá-los no início do livro e em alguns momentos da parte final, mas conhecer e entender suas histórias me fez amá-los e entendê-los. Me identifiquei demais com a Nicole e com alguns dos momentos pelos quais ela passou. Gostei muito da criatividade da autora pra escrever a história do Daniel, pois era algo que eu nunca havia lido antes.
Por falar na autora, eu tive um sério problema com a escrita nela no início do livro. As páginas passavam e eu cheguei na 100 achando que ainda estava na página 30 porque pareciam as mesmas palavras e a mesma situação o tempo inteiro e acabei só me envolvendo com a história lá pela metade do livro. Mas esses poréns não me impediram de me apaixonar completamente por essa história, desejar mais e mais de todo esse universo e adicionar esse livro na lista de favoritos!

Análise da Cah, do blog A Bookaholic Girl
Esse é o tipo de livro que não é para mim! Eu estava com as expectativas em alta, mas infelizmente a história de Nicole e Daniel Hunter não me convenceu. Os personagens principais me soaram desagradáveis, Nicole por sua imaturidade em várias "ceninhas" para chamar a atenção e Daniel pelas suas atitudes estilo o boy amargurado com algum mistério, sendo uma justificativa para tanta grosseria. Além disso, a química sexual inegável entre a bailarina e o maestro me fizeram revirar os olhos em diversos momentos, principalmente porque estamos sob a perspectiva da garota. Vale reconhecer que o ritmo de leitura, a ambientação, a música e o tema do ballet foram pontos positivos para mim em meio aos dramas excessivos de Nicole e a arrogância de Daniel. O mistério do maestro era um ponto que eu estava muito curiosa para saber como seria trabalhado, já que é um tema que eu não tinha visto ainda em nenhum outro livro,  e mesmo que eu tenha amado a esta abordagem que precisa ser mais colocada em discussão social, infelizmente não foi o suficiente para eu gostar e me envolver tão profundamente no romance considerado arrebatador escrito pela autora Babi A. Sette. 

Minha análise:
Mesmo lendo pela segunda vez, o sentimento é o mesmo. Li segurando a respiração porque sabia o que estava por vir, e que seria difícil reler.
Eu ainda acho Nicole chata e infantil, e Daniel um antiquado ao extremo, mas o conto de fadas e a história de amor ainda me deixaram suspirando.
Nicole é destemida e determinada, não sabe receber um não como resposta, mas também é apaixonada pela vida. E transmite isso pelo balé.
Daniel é misterioso, rude, não deixa ninguém se aproximar porque carrega uma culpa gravada no corpo, que o faz lembrar constantemente das escolhas ruins que tomou no passado.
E por conta da tempestade de neve, são obrigados a conviver por alguns dias e acabam conhecendo um lado do outro mais do que pretendiam, e despertando sentimentos avassaladores.
O segredo de Daniel, quando revelado, é o divisor de águas, na minha opinião. É quando Daniel abre seu coração novamente e Nicole é obrigada a deixar seu lado imaturo e inocente e lado.
Senhorita Aurora é totalmente sobre o descobrimento do amor e superação.

Análise da Carla:
Esta é a segunda vez que leio este livro e minha visão sobre os personagens mudou um pouco.
Para começar, a Nicole pareceu mais imatura e eu passei o livro inteiro achando que ela tinha 17 anos. Daniel tinha uns surtos desnecessários de grosseria; e a Natalie se tornou uma amiga muito inconveniente.
Mas é claro que o meu lado menininha falou mais alto e eu adorei a história mesmo assim. Ainda consegui me emocionar/abalar com o modo como as coisas foram colocadas. Foi um tanto quanto impactante, e o tema abordado é comumente deixado de lado, ainda que muito presente na sociedade. Com cenas emocionantes e muitas frases a serem destacadas, este livro mexeu com meu emocional e continua na minha lista de favoritos! 


E aí, o que achou de Dante e Nicole? Você já os conhecia? Nos conte o que achou. 😊
E a próxima leitura será do LBB! Eba! E o sorteado da vez é esse conto, da Carol Paim.
Vamos ler juntos?




Título: Vênus & Marte
Autor: Carol Paim
Editora: E-book Kindle
Ano: 2017
Número de páginas: 23
Tema central: Romance


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário