Resenha: Challenge

Oi gente, tudo bem? Por aqui, bem também.
Quem gosta de livro com atleta? Eu adoro, ainda mais quando é divertido e hot,

Título: Challenge - Série Harris Brothers
Autora: Amy Daws
Sinopse: 
Ele é paciente dela. Ela é a médica dele. Eles não deveriam. Mas Deus, eles querem. Camden Harris, o famoso gostoso, gigante jogador futebol, está de cama em um hospital de Londres. Mas o joelho machucado não o impede de ser um conquistador com Indie Porter - sua médica ruiva. Ela não é o tipo dele, nem perto disso. Mas ela poderia ser a distração perfeita do dano esmagador na alma que esta lesão poderia lhe custar. Indie está cansada de sua ingenuidade colocando um alvo nas costas. Como uma criança talentosa, ela deixou sua educação ser prioridade toda a sua vida. Mas uma aventura com um jogador de futebol como Camden pode ser exatamente o que ela precisa para agarrar a vida pelas bolas. E ele poderia ser o cara perfeito para o plano que ela está arquitetando há mais de dois anos. Mas quando os sentimentos fazem uma jogada final, não há nenhum remédio que possa curar os danos aos seus corações.


Quando penso em atleta, já imagino aquele clichê de universidade + mocinha inocente (que eu adoro, a propósito). Mas ao iniciar a leitura, fiquei imensamente surpresa por se tratar de um casal mais maduro e fora do cenário comum.
Indie é independente, mega inteligente e já encaminhada profissionalmente, mas com um problema enorme em se apegar às pessoas.
Camdem é talentoso, famoso e do tipo pegador. Sempre teve tudo ao seu alcance, e quando Indie cruza seu caminho, vê a oportunidade perfeita de se "dar bem".
A atração é instantânea e a química é inegável. Mas com a proximidade médico-paciente acabam descobrindo afinidades e outras coisas tão atrativas.
As muitas cenas de sexo deixam a leitura interessante (sim, é hot pra caramba!), mas ao mesmo tempo, vazia de conteúdo. Passamos o livro inteiro vendo Indie e Camden se pegando, lutando contra sentimentos e pouca maturidade para lidar com isso. A trama, apesar de muito quente, é rasa.
Até que lá perto do final as coisas mudam. E fiquei bem emocionada quando os personagens amadureceram sentimentalmente. Esse processo é lento, confuso e Indie e Camden lutam uma batalha interna pois as coisas começam a ficar difíceis. O que me faz pensar que a falta de propósito do início até essa parte tenha sim um propósito.
É o tipo de leitura que você espera todos os clichês possíveis, e realmente tem bastante. Mas essa jogada da autora e a reviravolta fazem desse livro uma linda surpresa.
A leitura é leve, bem escrita, muitos personagens interessantes envolvidos e que apesar da lenga-lenga, é uma delícia.
Apenas em inglês, a série Harris Brothers tem cinco livros que contam a história desses irmãos tão interessantes.

Beijo

Boa leitura

Nota:

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário