Resenha: Opostos & perfeitos

Oi gente, tudo bem? Tudo bem por aqui.
O livro de hoje é bem um gênero que gosto: tem drama, romance e boas doses de bom humor. E é nacional!

Título: Opostos & perfeitos
Autor: Mayjo
Sinopse:
Ela é irreverente. Ele é frio e mal-humorado.
Lunna Maia é a personificação da irreverência e da diversão. Nos últimos tempos, seu passatempo favorito tem sido provocar o sisudo e mal-humorado Luc Alonzo, que faz questão de mostrar, com sua pose arrogante, uma visão amarga e cínica sobre as mulheres. Principalmente sobre aquelas que procuram romance em um relacionamento.
Os dois vivem em pé de guerra cada vez que se encontram, mas as trincheiras serão derrubadas quando todo desejo reprimido, disfarçado de animosidade, acaba por explodir, e os dois inimigos declarados passam a ter problemas com “L” maiúsculo.
Luc, por ter que lidar com um segredo que o faz fugir de problemas, principalmente de se envolver com uma pessoa como Lunna, que tem o poder de virar sua vida pelo avesso.
E Lunna, por também descobrir que tem sua própria kryptonita quando se trata de Luc Alonzo.
Nessa guerra de desejos e de vontades, eles vão descobrir que são completamente opostos... mas perfeitos um para o outro.


Lunna e Luc convivem há uns anos como gato e rato. Lunna vive para provocá-lo e tentar tirar aquela carranca do rosto de Luc. E Luc faz o que pode para ignorá-la ou dizer o que pensa sobre seu conceito de "felizes para sempre".
Ambos tentam mascarar o desejo que tem um pelo outro com sarcasmo e mais provocações. Não admitem de jeito nenhum que sentem atração, nem para os amigos mais próximos.
Só que a máscara, em algum momento cai, e apesar da vontade insana de ficar juntos, parecem não saber lidar como adultos com essa questão.
Lunna é o tipo palhaça da turma; fala o pensa e não tem filtro nunca. É independente e vive para encontrar seu príncipe encantado, e não esconde de ninguém seu sonho de casar e ter filhos.
Luc é o cara sério e centrado entre os melhores amigos (Adam e Nicholas). É de poucas palavras mas responde às provocações de Lunna à altura.
- Olá, sou Lunna - estico minha mão direita para ele e com a esquerda aperto a bunda de Luc - Prazer.(...)
Luc está tenso ao meu lado, e ele olha firme para mim, mas eu não o olho de volta. Ele se afasta um pouco e eu vou junto. Cristo! Que vontade de rir.
Enquanto Lunna procura um relacionamento sério, Luc foge dele. E o motivo de Luc até que tem fundamento. Não entendi como Luc conseguiu guardar segredo de seus melhores amigos por tanto tempo; achei mal explicado.
Quando dizem que os opostos de atraem, Lunna e Luc são o exemplo disso. Têm muitas ideias, ideais e prioridades contrárias na vida. Mas que no decorrer do livro, você percebe que é complementar.
O livro é divertido, mas não do tipo de dar gargalhadas. Você sente proximidade com os personagens, seja pelo diálogo entre eles, seja pelos apelidos que Lunna inventa.
O livro tem um quê de drama também, mas nada muito complexo que ofuscasse o casal. Pelo contrário, o fogo desses dois é tanto que saíam faíscas mesmo em meio ao "caos".
Leitura leve, bem escrita, intercalando entre Lunna e Luc, prepara-se para muita cena quente.

Beijo

Boa leitura!

Nota:






0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário