Resenha: Duas vidas

Oi gente, tudo bem? Por aqui, tudo ótimo!
Esse é um romance diferentão do que tenho lido ultimamente, porque tem um fator surpresa que é de arrasar.
Por isso, se você sentir essa resenha muito rasa, é por conta disso.
Vamos lá?!

Título: Duas vidas
Autor: J. Marquesi
Sinopse:
Dois homens iguais, duas vidas marcadas por um jogo do destino.
Eric e Thomas Palmer são gêmeos e possuem uma relação conturbada. Após um grave acidente a vida dos dois é colocada em xeque e um só tem uma segunda chance. O sobrevivente precisa reaprender a viver, a lidar com sentimentos confusos, culpa e com as limitações físicas que o acidente lhe deixou.
Analiz Castro é uma mulher independente e segura. Ela batalhou até se formar em fisioterapia, o que ama de paixão, após ser despedida do hospital onde trabalhava, Liz recebe a oportunidade de cuidar da reabilitação do homem que, no passado, a machucou muito, fazendo-a voltar à ilha que prometeu nunca mais pisar.
O destino os reúne novamente, dando a possibilidade de um recomeço para ambos.
Um romance sobre perdão, recomeço e segunda chance.
INFORMAÇÕES IMPORTANTES:
1)Esse livro não tem continuação.
2)A série Recomeço traz história totalmente independentes.
3) O romance não é sobre um triângulo amoroso.


Nada, absolutamente nada te prepara para o que acontece! É uma reviravolta do caralh*! E ainda não tenho uma opinião formada sobre isso.

Eric e Thomas são os gêmeos que, num acidente de carro, apenas um deles sobrevive. E além disso, perde a memória devido o trauma.

Eric é (ou era) o gêmeo centrado. Acatou todos os planos que o pai fez para si, não se rebelou nunca, e sempre está com a cara enfiada nos livros. Tem paixão por leitura e sempre sonhou em ser escritor, mas isso nunca fora cogitado.

Thomas é (ou era) festeiro, famoso, rico e nunca se preocupou em agradar o pai ou a madrasta. Nunca perde a chance de chatear e provocar a família, e um dos motivos está ligado ao irmão gêmeo. Sua vida se resume à fama, sexo e drogas.

Analiz é uma mulher resolvida agora. Não é mais a garota deslumbrada por um dos gêmeos que a magoou na juventude. Trabalha com o que gosta, é independente e jurou para si mesma que não seria mais feita de boba por homem nenhum. E assim vem vivendo até então.

Como dito pela autora, não é um triângulo amoroso, até porque um dos gêmeos morre no acidente. Mas será que o que é, é realmente o que parece? O gêmeo sobrevivente perde a memória temporariamente por conta do trauma, e as lembranças vão chegando aos poucos. E as pessoas ao seu redor revelam lembranças surpreendentes, que o faz questionar se quer voltar a ser o que era antes.

Claro que Analiz se envolve com ele! Apesar de todas as advertências, ela se mantém firme em sua decisão e seus sentimentos voltam com tudo. Ela é fundamental da recuperação física do gêmeo, mas com isso vem o medo dele de, quando recobrar a memória, tudo aquilo que Analiz sente, seja colocado à prova.

A trama é muito bem desenvolvida e o acontecimento principal é bem diferente do que ja li. A leitura é fluida, mas demora até a revelação do fator surpresa desse livro. E demora porque o desenvolvimento da relação de Analiz e o gêmeo foi reconstruído do zero.

É um romance lindo, de superação mesmo, e além do mistério que contém nesse livro, é uma mistura de mundos diferentes, que foi tratada com muita delicadeza pela autora.
— Você sempre foi a mulher que eu amei, e nem mesmo o trauma, a falta de lembranças, a depressão, nada disso conseguiu conter esse sentimento que sempre esteve dentro de mim.
Os capítulos são intercalados entre os personagens principais, deixando a personalidade de cada um bem explícita. A canalhice, o romantismo, a amizade e o amor pela família são algumas das coisas que são deixadas à claras por seus personagens, e por isso é tão fácil escolher um lado.

Nota:








Beijo

Boa leitura!
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário